Solenidade da Anunciação do Senhor

“Ave Maria cheia de graça”: assim começa a prece que aprendemos desde crianças e que, especialmente nas dificuldades, retorna aos nossos lábios e aos nossos corações. “Deus cumprimenta uma mulher, cumprimenta-a com uma grande verdade: ‘_Eu te fiz repleta do meu amor, cheia de mim, e assim como estás plena de mim, estarás plena do meu Filho e depois de todos os Filhos da Igreja’. (Papa Francisco)

“Maria, alegra-te, ó cheia de graça; O Senhor é contigo. És bendita entre todas as mulheres, e bendito é o fruto do teu ventre.” (Responsório breve da solenidade da Anunciação)

“És bendita entre todas as mulheres da terra, e bendito é o fruto que nasceu do teu ventre” (segunda Antífona da Solenidade da Anunciação)

“Maria é a Mãe universal: dedicação total, cuidado, proximidade de cada filho, de cada filha. Nela vemos de fato um coração de mulher batendo como o de Deus, um coração que bate por todos, sem distinção.” Papa Francisco)

A solenidade da Anunciação do Senhor, que hoje celebramos, marca o início da nossa salvação.