Liturgia

5ª-FEIRA DEPOIS DAS CINZAS - QUARESMA

Hoje te proponho a vida e a felicidade. (Dt 11, 26)
Leitura do Livro do Deuteronômio 30, 15-20
Moisés falou ao povo dizendo:
Vê que eu hoje te proponho a vida e a felicidade, a morte e a desgraça.
Se obedeceres aos preceitos do Senhor teu Deus, que eu hoje te ordeno, amando ao Senhor teu Deus, seguindo seus caminhos e guardando seus mandamentos, suas leis e seus decretos, viverás e te multiplicarás, e o Senhor teu Deus te abençoará na terra em que vais entrar, para possuí-la.
Se, porém, o teu coração se desviar e não quiseres escutar, e se, deixando-te levar pelo erro, adorares deuses estranhos e os servires,
eu vos anuncio hoje que certamente perecereis. Não vivereis muito tempo na terra onde ides entrar, depois de atravessar o Jordão, para ocupá-la.
Tomo hoje o céu e a terra como testemunhas contra vós, de que vos propus a vida e a morte, a bênção e a maldição. Escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e teus descendentes,
amando ao Senhor teu Deus, obedecendo à sua voz e apegando-te a ele - pois ele é a tua vida e prolonga os teus dias -, a fim de que habites na terra que o Senhor jurou dar a teus pais Abraão, Isaac e Jacó'.
Palavra do Senhor.
É feliz quem a Deus se confia!
Feliz é todo aquele que não anda / conforme os conselhos dos perversos; / que não entra no caminho dos malvados, / nem junto aos zombadores vai sentar-se; mas encontra seu prazer na lei de Deus / e a medita, dia e noite, sem cessar.
R.
Eis que ele é semelhante a uma árvore, / que à beira da torrente está plantada; / ela sempre dá seus frutos a seu tempo, / e jamais as suas folhas vão murchar. / Eis que tudo o que ele faz vai prosperar.
R.
Mas bem outra é a sorte dos perversos. / Ao contrário, são iguais à palha seca / espalhada e dispersada pelo vento. Pois Deus vigia o caminho dos eleitos, / mas a estrada dos malvados leva à morte.
R.
Quem perder a sua vida por causa de mim, esse a salvará.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 9, 22-25
Naquele tempo disse Jesus aos seus discipulos:
'O Filho do Homem deve sofrer muito, ser rejeitado pelos anciãos, pelos sumos sacerdotes e doutores da Lei, deve ser morto e ressuscitar no terceiro dia. '
Depois Jesus disse a todos: 'Se alguém me quer seguir, renuncie a si mesmo, tome sua cruz cada dia, e siga-me.
Pois quem quiser salvar a sua vida, vai perdê-la; e quem perder a sua vida por causa de mim, esse a salvará.
Com efeito, de que adianta a um homem ganhar o mundo inteiro, se se perde e se destrói a si mesmo?
Palavra da Salvação.

SANTA PERPÉTUA E SANTA FELICIDADE, MÁRTIRES - SANTORAL

Nenhuma criatura será capaz de nos separar do amor
de Deus por nós, . manifestado em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 8, 31b-39
Irmãos:
Se Deus é por nós, quem será contra nós?
Deus que não poupou seu próprio filho, mas o entregou por todos nós, como não nos daria tudo junto com ele?
Quem acusará os escolhidos de Deus? Deus, que os declara justos?
Quem condenará? Jesus Cristo, que morreu, mais ainda, que ressuscitou, e está, à direita de Deus, intercedendo por nós?
Quem nos separará do amor de Cristo? Tribulação? Angústia? Perseguição? Fome? Nudez? Perigo? Espada?
Pois é assim que está escrito: 'Por tua causa somos entregues à morte, o dia todo; fomos tidos como ovelhas destinadas ao matadouro'.
Mas, em tudo isso, somos mais que vencedores, graças àquele que nos amou!
Tenho a certeza que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os poderes celestiais, nem o presente nem o futuro, nem as forças cósmicas,
nem a altura, nem a profundeza, nem outra criatura qualquer será capaz de nos separar do amor de Deus por nós, manifestado em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Palavra do Senhor.
Nossa alma como um pássaro escapou do laço que lhe armara o caçador.
Se o Senhor não estivesse ao nosso lado, / quando os homens investiram contra nós, com certeza nos teriam devorado / no furor de sua ira contra nós.
R.
Então as águas nos teriam submergido, / a correnteza nos teria arrastado, e então, por sobre nós teriam passado / essas águas sempre mais impetuosas.
R.
O laço arrebentou-se de repente, / e assim nós conseguimos libertar-nos. O nosso auxílio está no nome do Senhor, / do Senhor que fez o céu e fez a terra!
R.
Não vim trazer a paz, mas sim a espada.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 10, 34-39
Naquele tempo, disse Jesus aos seus apóstolos:
'Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer a paz, mas sim a espada.
De fato, vim separar o filho de seu pai, a filha de sua móe, a nora de sua sogra.
E os inimigos do homem serão os seus próprios familiares.
Quem ama seu pai ou sua móe mais do que a mim, não é digno de mim. Quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim, não é digno de mim.
Quem não toma a sua cruz e não me segue, não é digno de mim.
Quem procura conservar a sua vida vai perdê-la. E quem perde a sua vida por causa de mim, vai encontrá-la'.
Palavra da Salvação.