Liturgia

3ª-FEIRA DA 4ª SEMANA - TEMPO COMUM

Empenhemo-nos com perseverança
no combate que nos é proposto.
Leitura da Carta aos Hebreus 12, 1-4
Irmãos:
Rodeados como estamos por tamanha multidão de testemunhas, deixemos de lado o que nos pesa e o pecado que nos envolve. Empenhemo-nos com perseverança no combate que nos é proposto,
com os olhos fixos em Jesus, que em nós começa e completa a obra da fé. Em vista da alegria que lhe foi proposta, suportou a cruz, não se importando com a infâmia, e assentou-se à direita do trono de Deus.
Pensai pois naquele que enfrentou uma tal oposição por parte dos pecadores, para que não vos deixeis abater pelo desânimo.
Vós ainda não resististes até ao sangue na vossa luta contra o pecado.
Palavra do Senhor.
Todos aqueles que vos buscam, não de louvar-vos, ó Senhor.
Sois meu louvor em meio à grande assembléia; / cumpro meus votos ante aqueles que vos temem!Vossos pobres vão comer e saciar-se, / e os que procuram o Senhor o louvarão; / 'Seus corações tenham a vida para sempre!'
R.
Lembrem-se disso os confins de toda a terra, / para que voltem ao Senhor e se convertam, / e se prostrem, adorando, diante dele / todos os povos e as famílias das nações. Somente a ele adorarão os poderosos, / e os que voltam para o pó o louvarão.
R.
Para ele há de viver a minha alma, toda a minha descendência há de servi-lo; / às futuras gerações anunciará o poder e a justiça do Senhor; / ao povo novo que há de vir, ela dirá: / 'Eis a obra que o Senhor realizou!'
R.
Menina, levanta-te!
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 5, 21-43
Naquele tempo:
Jesus atravessou de novo, numa barca, para a outra margem. Uma numerosa multidão se reuniu junto dele, e Jesus ficou na praia.
Aproximou-se, então, um dos chefes da sinagoga, chamado Jairo. Quando viu Jesus, caiu a seus pés,
e pediu com insistência: 'Minha filhinha está nas últimas. Vem e põe as mãos sobre ela, para que ela sare e viva!'
Jesus então o acompanhou. Uma numerosa multidão o seguia e o comprimia.
Ora, achava-se ali uma mulher que, há doze anos, estava com uma hemorragia;
tinha sofrido nas mãos de muitos médicos, gastou tudo o que possuía, e, em vez de melhorar, piorava cada vez mais.
Tendo ouvido falar de Jesus, aproximou-se dele por detrás, no meio da multidão, e tocou na sua roupa.
Ela pensava: 'Se eu ao menos tocar na roupa dele, ficarei curada'.
A hemorragia parou imediatamente, e a mulher sentiu dentro de si que estava curada da doença.
Jesus logo percebeu que uma força tinha saído dele. E, voltando-se no meio da multidão, perguntou: 'Quem tocou na minha roupa?'
Os discípulos disseram: 'Estás vendo a multidão que te comprime e ainda perguntas: 'Quem me tocou'?'
Ele, porém, olhava ao redor para ver quem havia feito aquilo.
A mulher, cheia de medo e tremendo, percebendo o que lhe havia acontecido, veio e caíu aos pés de Jesus, e contou-lhe toda a verdade.
Ele lhe disse: 'Filha, a tua fé te curou. Vai em paz e fica curada dessa doença'.
Ele estava ainda falando, quando chegaram alguns da casa do chefe da sinagoga, e disseram a Jairo: 'Tua filha morreu. Por que ainda incomodar o mestre?'
Jesus ouviu a notícia e disse ao chefe da sinagoga: 'Não tenhas medo. Basta ter fé!'
E não deixou que ninguém o acompanhasse, a não ser Pedro, Tiago e seu irmão João.
Quando chegaram à casa do chefe da sinagoga, Jesus viu a confusão e como estavam chorando e gritando.
Então, ele entrou e disse: 'Por que essa confusão e esse choro? A criança não morreu, mas está dormindo'.
Começaram então a caçoar dele. Mas, ele mandou que todos saíssem, menos o pai e a mãe da menina, e os três discípulos que o acompanhavam. Depois entraram no quarto onde estava a criança.
Jesus pegou na mão da menina e disse: 'Talitá cum'- que quer dizer: 'Menina, levanta-te!'
Ela levantou-se imediatamente e começou a andar, pois tinha doze anos. E todos ficaram admirados.
Ele recomendou com insistência que ninguém ficasse sabendo daquilo. E mandou dar de comer à menina.
Palavra da Salvação.

SANTA ÁGUEDA, VIRGEM E MÁRTIR - SANTORAL

Nenhuma criatura será capaz de nos separar do amor
de Deus por nós, . manifestado em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 8, 31b-39
Irmãos:
Se Deus é por nós, quem será contra nós?
Deus que não poupou seu próprio filho, mas o entregou por todos nós, como não nos daria tudo junto com ele?
Quem acusará os escolhidos de Deus? Deus, que os declara justos?
Quem condenará? Jesus Cristo, que morreu, mais ainda, que ressuscitou, e está, à direita de Deus, intercedendo por nós?
Quem nos separará do amor de Cristo? Tribulação? Angústia? Perseguição? Fome? Nudez? Perigo? Espada?
Pois é assim que está escrito: 'Por tua causa somos entregues à morte, o dia todo; fomos tidos como ovelhas destinadas ao matadouro'.
Mas, em tudo isso, somos mais que vencedores, graças àquele que nos amou!
Tenho a certeza que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os poderes celestiais, nem o presente nem o futuro, nem as forças cósmicas,
nem a altura, nem a profundeza, nem outra criatura qualquer será capaz de nos separar do amor de Deus por nós, manifestado em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Palavra do Senhor.
Seu som ressoa e se espalha em toda terra.
Os céus proclamam a glória do Senhor, / e o firmamento, a obra de suas mãos; o dia ao dia transmite esta mensagem, / a noite à noite publica esta notícia.
R.
Não são discursos nem frases ou palavras, / nem são vozes que possam ser ouvidas; seu som ressoa e se espalha em toda a terra, / chega aos confins do universo a sua voz.
R.
No livro está escrito a meu respeito:
Eu vim, ó Deus, para fazer a tua vontade.
Leitura da Carta aos Hebreus 10, 4-10
Irmãos:
É impossível eliminar os pecados com o sangue de touros e bodes.
Por isso, ao entrar no mundo, Cristo afirma: 'Tu não quiseste vítima nem oferenda, mas formaste-me um corpo.
Não foram do teu agrado holocaustos nem sacrifícios pelo pecado.
Por isso eu disse: Eis que eu venho. No livro está escrito a meu respeito: Eu vim, ó Deus, para fazer a tua vontade'.
Depois de dizer: 'Tu não quiseste nem te agradaram vítimas, oferendas, holocaustos, sacrifícios pelo pecado' coisas oferecidas segundo a Lei -
ele acrescenta: 'Eu vim para fazer a tua vontade'. Com isso, suprime o primeiro sacrifício, para estabelecer o segundo.
É graças a esta vontade que somos santificados pela oferenda do corpo de Jesus Cristo, realizada uma vez por todas.
Palavra do Senhor.
Eis que conceberás e darás à luz um filho.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 1, 26-38
Naquele tempo:
O anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,
a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi e o nome da virgem era Maria
O anjo entrou onde ela estava e disse: 'Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!'
Maria ficou perturbada com estas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação.
O anjo, então, disse-lhe: 'Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus.
Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus.
Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi.
Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó, e o seu reino não terá fim'.
Maria perguntou ao anjo: 'Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?'
O anjo respondeu: 'O Espírito virá sobre ti, e o poder do Altissimo te cobrirá com sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus.
Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril,
porque para Deus nada é impossível'.
Maria, então, disse: 'Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra!' E o anjo retirou-se.
Palavra da Salvação.