Liturgia

DOMINGO DA PÁSCOA - PÁSCOA

Comemos e bebemos com ele depois
que ressuscitou dos mortos.
Leitura dos Atos dos Apóstolos 10, 34a. 37-43
Naqueles dias:
Pedro tomou a palavra e disse:
Vós sabeis o que aconteceu em toda a Judéia, a começar pela Galiléia, depois do batismo pregado por João:
como Jesus de Nazaré foi ungido por Deus com o Espírito Santo e com poder. Ele andou por toda a parte, fazendo o bem e curando a todos os que estavam dominados pelo demônio; porque Deus estava com ele.
E nós somos testemunhas de tudo o que Jesus fez na terra dos judeus e em Jerusalém. Eles o mataram, pregando-o numa cruz.
Mas Deus o ressuscitou no terceiro dia, concedendo-lhe manifestar-se
não a todo o povo, mas às testemunhas que Deus havia escolhido: a nós, que comemos e bebemos com Jesus, depois que ressuscitou dos mortos.
E Jesus nos mandou pregar ao povo e testemunhar que Deus o constituiu Juiz dos vivos e dos mortos.
Todos os profetas dão testemunho dele: 'Todo aquele que crê em Jesus recebe, em seu nome, o perdão dos pecados'. '
Palavra do Senhor.
Este é o dia que o Senhor fez para nós: alegremo-nos e nele exultemos!
Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia.
Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! / 'Eterna é a sua misericórdia!'casa de Israel agora o diga: / 'Eterna é a sua misericórdia!'
R.
A mão direita do Senhor fez maravilhas, / a mão direita do Senhor me levantou, Não morrerei, mas ao contrário, viverei / para cantar as grandes obras do Senhor!
R.
'A pedra que os pedreiros rejeitaram, / tornou-se agora a pedra angular. Pelo Senhor é que foi feito tudo isso: / Que maravilhas ele fez a nossos olhos!
R.
Esforçai-vos por alcançar as coisas
do alto, onde está Cristo.
Leitura da Carta de São Paulo aos Colossenses 3, 1-4
Irmãos:
Se ressuscitastes com Cristo, esforçai-vos por alcançar as coisas do alto,
onde está Cristo, sentado à direita de Deus; aspirai às coisas celestes e não às coisas terrestres.
Pois vós morrestes, e a vossa vida está escondida, com Cristo, em Deus.
Quando Cristo, vossa vida, aparecer em seu triunfo, então vós aparecereis também com ele, revestidos de glória.
Palavra do Senhor.
Ele devia ressuscitar dos mortos.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 20, 1-9
No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus, bem de madrugada, quando ainda estava escuro, e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo.
Então ela saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse: 'Tiraram o Senhor do túmulo, e não sabemos onde o colocaram. '
Saíram, então, Pedro e o outro discípulo e foram ao túmulo.
Os dois corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais depressa que Pedro e chegou primeiro ao túmulo.
Olhando para dentro, viu as faixas de linho no chão, mas não entrou.
Chegou também Simão Pedro, que vinha correndo atrás, e entrou no túmulo. Viu as faixas de linho deitadas no chão
e o pano que tinha estado sobre a cabeça de Jesus, não posto com as faixas, mas enrolado num lugar à parte.
Então entrou também o outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo. Ele viu, e acreditou.
De fato, eles ainda não tinham compreendido a Escritura, segundo a qual ele devia ressuscitar dos mortos.
Palavra da Salvação.

SANTO ANSELMO, BISPO E DOUTOR DA IGREJA - SANTORAL

Conhecer o amor de Cristo,
que ultrapassa todo o conhecimento.
Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios 3, 14-19
Irmãos:
Eu dobro os joelhos diante do Pai,
de quem toda e qualquer família recebe seu nome, no céu e sobre a terra.
Que ele vos conceda, segundo a riqueza da sua glória, serdes robustecidos, por seu Espírito, quanto ao homem interior,
que ele faça habitar, pela fé, Cristo em vossos corações, que estejais enraizados e fundados no amor.
Tereis assim a capacidade de compreender, com todos os santos, qual a largura, o comprimento, a altura, a profundidade,
e de conhecer o amor de Cristo, que ultrapassa todo o conhecimento, a fim de que sejais cumulados até receber toda a plenitude de Deus.
Palavra do Senhor.
Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo!
Ou: Provai e vede quão suave é o Senhor!
Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo, / seu louvor estará sempre em minha boca. Minha alma se gloria no Senhor; / que ouçam os humildes e se alegrem!
R.
Comigo engrandecei ao Senhor Deus, / exaltemos todos juntos o seu nome!Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu, / e de todos os temores me livrou.
R.
Contemplai a sua face e alegrai-vos, / e vosso rosto não se cubra de vergonha!Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido, / e o Senhor o libertou de toda angústia.
R.
O anjo do Senhor vem acampar / ao redor dos que o temem, e os salva. Provai e vede quão suave é o Senhor! / Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!
R.
Respeitai o Senhor Deus, seus santos todos, / porque nada faltará aos que o temem. Os ricos empobrecem, passam fome, / mas aos que buscam o Senhor não falta nada.
R.
A casa construída sobre a rocha e
a casa construída sobre a areia.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 7, 21-29
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
Nem todo aquele que me diz: 'Senhor, Senhor', entrará no Reino dos Céus, mas o que põe em prática a vontade de meu Pai que está nos céus.
Naquele dia, muitos vão me dizer: 'Senhor, Senhor, não foi em teu nome que profetizamos? Não foi em teu nome que expulsamos demônios? E não foi em teu nome que fizemos muitos milagres?'
Então eu lhes direi publicamente: 'Jamais vos conheci. Afastai-vos de mim, vós que praticais o mal.
Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as põe em prática, é como um homem prudente, que construiu sua casa sobre a rocha.
Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos deram contra a casa, mas a casa não caiu, porque estava construída sobre a rocha.
Por outro lado, quem ouve estas minhas palavras e não as põe em prática, é como um homem sem juízo, que construiu sua casa sobre a areia.
Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos sopraram e deram contra a casa, e a casa caiu, e sua ruína foi completa!'
Quando Jesus acabou de dizer estas palavras, as multidões ficaram admiradas com seu ensinamento.
De fato, ele as ensinava como quem tem autoridade e não como os mestres da lei.
Palavra da Salvação.