Início » Liturgia

Liturgia


6ª-FEIRA DA 5ª SEMANA - PÁSCOA

Decidimos, o Espírito Santo e nós, não vos impor
nenhum fardo, além das coisas indispensáveis.
Leitura dos Atos dos Apóstolos 15, 22-31
Naqueles dias:
Pareceu bem aos apóstolos e aos anciãos, de acordo com toda a comunidade de Jerusalém, escolher alguns da comunidade para mandá-los a Antioquia, com Paulo e Barnabé. Escolheram Judas, chamado Bársabas, e Silas, que eram muito respeitados pelos irmãos.
Através deles enviaram a seguinte carta: 'Nós, os apóstolos e os anciãos, vossos irmãos, saudamos os irmãos vindos do paganismo e que estão em Antioquia e nas regiões da Síria e da Cilícia.
Ficamos sabendo que alguns dos nossos causaram perturbações com palavras que transtornaram vosso espírito. Eles não foram enviados por nós.
Então decidimos, de comum acordo, escolher alguns representantes e mandá-los até vós, junto com nossos queridos irmãos Barnabé e Paulo,
homens que arriscaram suas vidas pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo.
Por isso, estamos enviando Judas e Silas, que pessoalmente vos transmitirão a mesma mensagem.
Porque decidimos, o Espírito Santo e nós, não vos impor nenhum fardo, além destas coisas indispensáveis:
abster-se de carnes sacrificadas aos ídolos, do sangue, das carnes de animais sufocados e das uniões ilegítimas. Vós fareis bem se evitardes essas coisas. Saudações!'
Depois da despedia, Judas e Silas foram para Antioquia, reuniram a assembléia e entregaram a carta.
A sua leitura causou alegria, por causa do estímulo que trazia.
Palavra do Senhor.
Vou louvar-vos, Senhor, entre os povos.
Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia.
Meu coração está pronto, meu Deus, / está pronto o meu coração!Vou cantar e tocar para vós: / desperta, minh'alma, desperta! / Despertem a harpa e a lira, / eu irei acordar a aurora!
R.
Vou louvar-vos, Senhor, entre os povos, / dar-vos graças, por entre as nações!Vosso amor é mais alto que os céus, / mais que as nuvens a vossa verdade!Elevai-vos, ó Deus sobre os céus, / vossa glória refulja na terra!
R.
Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 15, 12-17
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei.
Ninguém tem amor maior do que aquele que dá sua vida pelos amigos.
Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando.
Já não vos chamo servos, pois o servo não sabe o que faz o seu senhor. Eu chamo-vos amigos, porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi de meu Pai.
Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi e vos designei para irdes e para que produzais fruto e o vosso fruto permaneça. O que, então, pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo concederá.
Isto é o que vos ordeno: amai-vos uns aos outros.
Palavra da Salvação.

SÃO BERNARDINO DE SENA, PRESB. - SANTORAL

Em nenhum outro há salvação
Leitura dos Atos dos Apóstolos 4, 8-12
Naqueles dias:
Pedro, cheio do Espírito Santo, disse: 'Chefes do povo e anciãos:
hoje estamos sendo interrogados por termos feito o bem a um enfermo e pelo modo como foi curado.
Ficai, pois, sabendo todos vós e todo o povo de Israel: é pelo nome de Jesus Cristo, de Nazaré, - aquele que vós crucificastes e que Deus ressuscitou dos mortos - que este homem está curado, diante de vós.
Jesus é a pedra, que vós, os construtores, desprezastes, e que se tornou a pedra angular.
Em nenhum outro há salvação, pois não existe debaixo do céu outro nome dado aos homens pelo qual possamos ser salvos'.
Palavra do Senhor.
Eis que venho fazer com prazer a vossa vontade, Senhor!
Esperando, esperei no Senhor, / e inclinando-se, ouviu meu clamor. Canto novo ele pôs em meus lábios, um poema em louvor ao Senho
R.
Sacrifício e oblação não quisestes, / mas abristes, Senhor, meus ouvidos; / não pedistes ofertas nem vítimas, / holocaustos por nossos pecados, e então eu vos disse: 'Eis que venho!'
R.
Sobre mim está escrito no livro: 'Com prazer faço a vossa vontade, / guardo em meu coração vossa lei!'
R.
Boas-novas de vossa justiça / anunciei numa grande assembléia; / vós sabeis: não fechei os meus lábios!
R.
Eu te seguirei para onde quer que fores.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 9, 57-62
Naquele tempo:
Enquanto estavam caminhando, alguém na estrada disse a Jesus: 'Eu te seguirei para onde quer que fores. '
Jesus lhe respondeu: 'As raposas têm tocas e os pássaros têm ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde repousar a cabeça. '
Jesus disse a outro: 'Segue-me. ' Este respondeu: 'Deixa-me primeiro ir enterrar meu pai. '
Jesus respondeu: 'Deixa que os mortos enterrem os seus mortos; mas tu, vai anunciar o Reino de Deus. '
Um outro ainda lhe disse: 'Eu te seguirei, Senhor, mas deixa-me primeiro despedir-me dos meus familiares. '
Jesus, porém, respondeu-lhe: 'Quem põe a mão no arado e olha para trás, não está apto para o Reino de Deus. '
Palavra da Salvação.