Início » Liturgia

Liturgia


3ª-FEIRA DA 20ª SEMANA - TEMPO COMUM

Tu és um homem e não um deus;
mas pensaste ter a mente igual à de um deus.
Leitura da Profecia de Ezequiel 28, 1-10
A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:
'Filho do homem, dize ao príncipe da cidade de Tiro: Assim fala o Senhor Deus: Porque o teu coração se tornou orgulhoso, tu disseste: 'Eu sou um deus e ocupo o trono divino no coração dos mares. Tu, porém, és um homem e não um deus, mas pensaste ter a mente igual à de um deus.
Sim, tu és mais sábio do que Daniel! Segredo algum te é obscuro.
Com talento e habilidade adquiriste uma fortuna, acumulaste ouro e prata em teus tesouros.
Com grande tino comercial aumentaste tua fortuna, e com ela teu coração se tornou soberbo.
Por isso, assim diz o Senhor Deus: Por teres igualado tua mente à de um deus,
vou trazer contra ti os povos mais violentos dos estrangeiros. Eles puxarão suas espadas contra a tua bela sabedoria e profanarão o teu esplendor.
Eles te farão baixar à cova, e morrerás de morte violenta no coração dos mares.
Porventura, ousarás dizer: 'Sou um deus! na presença de teus algozes, tu que és um homem e não deus, nas mãos dos que te apunhalam?
Morrerás da morte dos incircuncisos, pela mão de estrangeiros, pois fui eu que falei - oráculo do Senhor Deus'.
Palavra do Senhor.
Sou eu que tiro a vida, sou eu quem faz viver!
Pensei: 'Vou espalhá-los pela terra, / farei cessar sua memória inteiramente'. Mas receava a reação dos inimigos, a má interpretação dos adversários.
R.
Eles diriam: Nossa mão prevaleceu, não foi o Senhor Deus que isto fez. Porque meu povo é gente sem juízo, / é gente que não tem discernimento.
R.
Como pode um homem só perseguir mil, / como dois podem fazer fugir dez mil? / Não é porque sua Rocha os vendeu, / não é porque o Senhor os entregou?
R.
Já vem o dia em que serão arruinadose o seu destino se apressa em chegar. Porque o Senhor fará justiça ao seu povoe salvará todos aqueles que o servem.
R.
É mais fácil um camelo entrar pelo buraco de uma agulha,
do que um rico entrar no Reino de Deus.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 19, 23-30
Naquele tempo:
Jesus disse aos discípulos: 'Em verdade vos digo, dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus.
E digo ainda: é mais fácil um camelo entrar pelo buraco de uma agulha, do que um rico entrar no Reino de Deus. '
Ouvindo isso, os discípulos ficaram muito espantados, e perguntaram: 'Então, quem pode ser salvo?'
Jesus olhou para eles e disse: 'Para os homens isso é impossível, mas para Deus tudo é possível. '
Pedro tomou a palavra e disse a Jesus: 'Vê! Nós deixamos tudo e te seguimos. O que haveremos de receber?'
Jesus respondeu: 'Em verdade vos digo, quando o mundo for renovado e o Filho do Homem se sentar no trono de sua glória, também vós, que me seguistes, havereis de sentar-vos em doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel.
E todo aquele que tiver deixado casas, irmãos, irmãs, pai, mãe, filhos, campos, por causa do meu nome, receberá cem vezes mais e terá como herança a vida eterna.
Muitos que agora são os primeiros, serão os últimos. E muitos que agora são os últimos, serão os primeiros.
Palavra da Salvação.

SANTO ESTÊVÃO DA HUNGRIA - SANTORAL

Amarás o Senhor teu Deus com todo o teu coração.
Leitura do Livro do Deuteronômio 6, 3-9
Moisés falou ao povo dizendo:
Ouve, Israel, e cuida de pôr em prática os mandamentos, para seres feliz e te multiplicares sempre mais, na terra onde corre leite e mel, como te prometeu o Senhor, o Deus de teus pais.
Ouve, Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor.
Amarás o Senhor teu Deus com todo o teu coração, com toda a tua alma e com todas as tuas forças.
E trarás gravadas em teu coração todas estas palavras que hoje te ordeno.
Tu as repetirás com insistência aos teus filhos e delas falarás quando estiveres sentado em tua casa, ou andando pelos caminhos, quando te deitares, ou te levantares.
Tu as prenderás como sinal em tua mão e as colocarás como um sinal entre os teus olhos;
tu as escreverás nas entradas da tua casa e nas portas da tua cidade.
Palavra do Senhor.
É feliz quem respeita o Senhor!
Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia.
Feliz o homem que respeita o Senhor / e que ama com carinho a sua lei!Sua descendência será forte sobre a terra, / abençoada a geração dos homens retos!
R.
Haverá glória e riqueza em sua casa, / e permanece para sempre o bem que fez. Ele é correto, generoso e compassivo, / como luz brilha nas trevas para os justos.
R.
Feliz o homem caridoso e prestativo, / que resolve seus negócios com justiça. Porque jamais vacilará o homem reto, / sua lembrança permanece eternamente! Ele não teme receber notícias más.
R.
Confiando em Deus, seu coração está seguro. Seu coração está tranqüilo e nada teme, / e confusos há de ver seus inimigos.
R.
Ele reparte com os pobres os seus bens, / permanece para sempre o bem que fez, / e crescerão a sua glória e seu pode
R.
Como foste fiel na administração de tão
pouco, vem participar de minha alegria.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 25, 14-30
Naquele tempo, Jesus contou esta parábola a seus discípulos:
Um homem ia viajar para o estrangeiro. Chamou seus empregados e lhes entregou seus bens.
A um deu cinco talentos, a outro deu dois e ao terceiro, um; a cada qual de acordo com a sua capacidade. Em seguida viajou.
O empregado que havia recebido cinco talentos saiu logo, trabalhou com eles, e lucrou outros cinco.
Do mesmo modo, o que havia recebido dois lucrou outros dois.
Mas aquele que havia recebido um só, saiu, cavou um buraco na terra, e escondeu o dinheiro do seu patrão.
Depois de muito tempo, o patrão voltou e foi acertar contas com os empregados.
O empregado que havia recebido cinco talentos entregou-lhe mais cinco, dizendo: `Senhor, tu me entregaste cinco talentos. Aqui estão mais cinco que lucrei'.
O patrão lhe disse: `Muito bem, servo bom e fiel! como foste fiel na administração de tão pouco, eu te confiarei muito mais. Vem participar da minha alegria!'
Chegou também o que havia recebido dois talentos, e disse: `Senhor, tu me entregaste dois talentos. Aqui estão mais dois que lucrei'.
O patrão lhe disse: `Muito bem, servo bom e fiel! Como foste fiel na administração de tão pouco, eu te confiarei muito mais. Vem participar da minha alegria!'
Por fim, chegou aquele que havia recebido um talento, e disse: `Senhor, sei que és um homem severo, pois colhes onde não plantaste e ceifas onde não semeaste.
Por isso fiquei com medo e escondi o teu talento no chão. Aqui tens o que te pertence'.
O patrão lhe respondeu: `Servo mau e preguiçoso! Tu sabias que eu colho onde não plantei e que ceifo onde não semeei?
Então devias ter depositado meu dinheiro no banco, para que, ao voltar, eu recebesse com juros o que me pertence. '
Em seguida, o patrão ordenou: `Tirai dele o talento e dai-o àquele que tem dez!
Porque a todo aquele que tem será dado mais, e terá em abundância, mas daquele que não tem, até o que tem lhe será tirado.
Quanto a este servo inútil, jogai-o lá fora, na escuridão. Ali haverá choro e ranger de dentes!'
Palavra da Salvação.