Início » Liturgia

Liturgia


20º DOMINGO - TEMPO COMUM

Geraste, em todo o país, um homem de controvérsia.
Leitura do Livro do Profeta Jeremias 38, 4-6. 8-10
Naqueles dias:
Disseram os príncipes ao rei: 'Pedimos que seja morto este homem; ele anda com habilidade lançando o desânimo entre os combatentes que restaram na cidade e sobre todo o povo, dizendo semelhantes palavras; este homem, portanto, não se propõe o bem-estar do povo, mas sim a desgraça. '
Disse o rei Sedecias: 'Ele está em vossas mãos; o rei nada vos poderá negar. '
Agarraram então Jeremias e lançaram-no na cisterna de Melquias, filho do rei, que havia no pátio da guarda, fazendo-o descer por meio de cordas. Na cisterna não havia água, somente lama; e assim ia-se Jeremias afundando na lama.
Ebed-Melec saiu da casa do rei e veio ter com ele, e falou-lhe:
'Ó rei, meu senhor, muito mal procederam esses homens em tudo o que fizeram contra o profeta Jeremias, lançando-o na cisterna para aí morrer de fome; não há mais pão na cidade. '
O rei deu, então, esta ordem ao etíope Ebed-Melec : 'Leva contigo trinta homens e tira da cisterna o profeta Jeremias, antes que morra. '
Palavra do Senhor.
Socorrei-me, ó Senhor, vinde logo em meu auxílio!
Esperando, esperei no Senhor, / e inclinando-se, ouviu meu clamor.
R.
Retirou-me da cova da morte / e de um charco de lodo e de lama. / Colocou os meus pés sobre a rocha, / devolveu a firmeza a meus passos.
R.
Canto novo ele pôs em meus lábios, / um poema em louvor ao Senhor. / Muitos vejam, respeitem, adorem / e esperem em Deus, confiantes.
R.
Eu sou pobre, infeliz, desvalido, / porém, guarda o Senhor minha vida, / e por mim se desdobra em carinho. / Vós me sois salvação e auxílio: / vinde logo, Senhor, não tardeis!
R.
Empenhemo-nos com perseverança
no combate que nos é proposto.
Leitura da Carta aos Hebreus 12, 1-4
Irmãos:
Rodeados como estamos por tamanha multidão de testemunhas, deixemos de lado o que nos pesa e o pecado que nos envolve. Empenhemo-nos com perseverança no combate que nos é proposto,
com os olhos fixos em Jesus, que em nós começa e completa a obra da fé. Em vista da alegria que lhe foi proposta, suportou a cruz, não se importando com a infâmia, e assentou-se à direita do trono de Deus.
Pensai pois naquele que enfrentou uma tal oposição por parte dos pecadores, para que não vos deixeis abater pelo desânimo.
Vós ainda não resististes até ao sangue na vossa luta contra o pecado.
Palavra do Senhor.
Não vim trazer a paz mas a divisão.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 12, 49-53
Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:
Eu vim para lançar fogo sobre a terra, e como gostaria que já estivesse aceso!
Devo receber um batismo, e como estou ansioso até que isto se cumpra!
Vós pensais que eu vim trazer a paz sobre a terra? Pelo contrário, eu vos digo, vim trazer divisão.
Pois, daqui em diante, numa família de cinco pessoas, três ficarão divididas contra duas e duas contra três;
ficarão divididos: o pai contra o filho e o filho contra o pai; a mãe contra a filha e a filha contra a mãe; a sogra contra a nora e a nora contra a sogra. '
Palavra da Salvação.

SÃO MAXIMILIANO MARIA KOLBE, PRESB. E MÁRTIR - SANTORAL

Foram aceitos como ofertas de holocausto.
Leitura do Livro da Sabedoria 3, 1-9
A vida dos justos está nas mãos de Deus, e nenhum tormento os atingirá.
Aos olhos dos insensatos parecem ter morrido; sua saída do mundo foi considerada uma desgraça,
e sua partida do meio de nós, uma destruição; mas eles estão em paz.
Aos olhos dos homens parecem ter sido castigados, mas sua esperança é cheia de imortalidade;
tendo sofrido leves correções, serão cumulados de grandes bens, porque Deus os pôs à prova e os achou dignos de si.
Provou-os como se prova o ouro no fogo e aceitou-os como ofertas de holocausto;
no dia do seu julgamento hão de brilhar, correndo como centelhas no meio da palha;
vão julgar as nações e dominar os povos, e o Senhor reinará sobre eles para sempre.
Os que nele confiam compreenderão a verdade, e os que perseveram no amor ficarão junto dele, porque a graça e a misericórdia são para seus eleitos.
Palavra do Senhor.
É preciosa aos olhos do Senhor, a morte dos santos, seus amigos.
Guardei a minha fé, mesmo dizendo: / 'É demais o sofrimento em minha vida!'Confiei, quando dizia na aflição: / 'Todo homem é mentiroso! Todo homem!'
R.
Que poderei retribuir ao Senhor Deus / por tudo aquilo que ele fez em meu favor?Elevo o cálice da minha salvação, / invocando o nome santo do SenhoR.
R.
Eis que sou o vosso servo, ó Senhor, / vosso servo que nasceu de vossa serva; / mas me quebrastes os grilhões da escravidão!Por isso oferto um sacrifício de louvor, / invocando o nome santo do Senhor.
R.
Ninguém tem amor maior
do que aquele que dá sua vida pelos amigos.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 15, 12-16
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
'Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei.
Ninguém tem amor maior do que aquele que dá sua vida pelos amigos.
Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando.
Já não vos chamo servos, pois o servo não sabe o que faz o seu senhor. Eu chamo-vos amigos, porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi de meu Pai.
Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi e vos designei para irdes e para que produzais fruto e o vosso fruto permaneça. O que, então, pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo concederá.
Palavra da Salvação.