Início » Liturgia

Liturgia


22º DOMINGO - TEMPO COMUM

Sê humilde e encontrarás graça diante do Senhor.
Leitura do Livro do Eclesiástico 3, 19-21. 30-31 (gr. 17 -18. 20. 28-29)
Filho, realiza teus trabalhos com mansidão e serás amado mais do que um homem generoso.
Na medida em que fores grande, deverás praticar a humildade, e assim encontrarás graça diante do Senhor. Muitos são altaneiros e ilustres, mas é aos humildes que ele revela seus mistérios.
Pois grande é o poder do Senhor, mas ele é glorificado pelos humildes.
Para o mal do orgulhoso não existe remédio, pois uma planta de pecado está enraizada nele, e ele não compreende.
O homem inteligente reflete sobre as palavras dos sábios, e com ouvido atento deseja a sabedoria.
Palavra do Senhor.
Com carinho preparastes uma mesa para o pobre.
Os justos se alegram na presença do Senhor / rejubilam satisfeitos e exultam de alegria!Cantai a Deus, a Deus louvai, cantai um salmo a seu nome! o seu nome é Senhor: exultai diante dele!
R.
Dos órfãos ele é pai, e das viúvas protetor: / é assim o nosso Deus em sua santa habitação. É o Senhor quem dá abrigo, dá um lar aos deserdados, quem liberta os prisioneiros e os sacia com fartura.
R.
Derramastes lá do alto uma chuva generosa, / e vossa terra, vossa herança, já cansada, renovastes; e ali vosso rebanho encontrou sua morada; / com carinho preparastes essa terra para o pobre.
R.
Vós vos aproximastes do monte Sião
e da cidade do Deus vivo.
Leitura da Carta aos Hebreus 12, 18-19. 22-24a
Irmãos:
Vós não vos aproximastes de uma realidade palpável: 'fogo ardente e escuridão, trevas e tempestade,
som da trombeta e voz poderosa', que os ouvintes suplicaram não continuasse.
Mas vós vos aproximastes do monte Sião e da cidade do Deus vivo, a Jerusalém celeste; da reunião festiva de milhões de anjos;
da assembléia dos primogênitos, cujos nomes estão escritos nos céus; de Deus, o Juiz de todos; dos espíritos dos justos, que chegaram à perfeição;
de Jesus, mediador da nova aliança.
Palavra do Senhor.
Quem se eleva, será humilhado e
quem se humilha, será elevado.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 14, 1. 7-14
Aconteceu que, num dia de sábado, Jesus foi comer na casa de um dos chefes dos fariseus. E eles o observavam.
Jesus notou como os convidados escolhiam os primeiros lugares. Então contou-lhes uma parábola:
'Quando tu fores convidado para uma festa de casamento, não ocupes o primeiro lugar. Pode ser que tenha sido convidado alguém mais importante do que tu,
e o dono da casa, que convidou os dois, venha te dizer: 'Dá o lugar a ele'. Então tu ficarás envergonhado e irás ocupar o último lugar.
Mas, quando tu fores convidado, vai sentar-te no último lugar. Assim, quando chegar quem te convidou, te dirá: 'Amigo, vem mais para cima'. E isto vai ser uma honra para ti diante de todos os convidados.
Porque quem se eleva, será humilhado e quem se humilha, será elevado. '
E disse também a quem o tinha convidado: 'Quando tu deres um almoço ou um jantar, não convides teus amigos, nem teus irmãos, nem teus parentes, nem teus vizinhos ricos. Pois estes poderiam também convidar-te e isto já seria a tua recompensa.
Pelo contrário, quando deres uma festa, convida os pobres, os aleijados, os coxos, os cegos.
Então tu serás feliz! Porque eles não te podem retribuir. Tu receberás a recompensa na ressurreição dos justos. '
Palavra da Salvação.

SANTO AGOSTINHO, BISPO E DOUTOR DA IGREJA - SANTORAL

Foi Deus quem nos amou primeiro.
Leitura da Primeira Carta de São João 4, 7-16
Caríssimos, amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus e todo aquele que ama nasceu de Deus e conhece Deus.
Quem não ama, não chegou a conhecer Deus, pois Deus é amor.
Foi assim que o amor de Deus se manifestou entre nós: Deus enviou o seu Filho único ao mundo, para que tenhamos vida por meio dele.
Nisto consiste o amor: não fomos nós que amamos a Deus, mas foi ele que nos amou e enviou o seu Filho como vítima de reparação pelos nossos pecados.
Caríssimos, se Deus nos amou assim, nós também devemos amar-nos uns aos outros.
Ninguém jamais viu a Deus. Se nos amamos uns aos outros, Deus permanece conosco e seu amor é plenamente realizado entre nós.
A prova de que permanecemos com ele, e ele conosco, é que ele nos deu o seu Espírito.
E nós vimos, e damos testemunho, que o Pai enviou o seu Filho como Salvador do mundo.
Todo aquele que proclama que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece com ele, e ele com Deus.
E nós conhecemos o amor que Deus tem para conosco, e acreditamos nele. Deus é amor: quem permanece no amor, permanece com Deus, e Deus permanece com ele.
Palavra do Senhor.
Ó Senhor, ensinai-me os vossos mandamentos!
Como um jovem poderá ter vida pura? / Observando, ó Senhor, vossa palavra.
R.
De todo o coração eu vos procuro, / não deixeis que eu abandone a vossa lei!
R.
Conservei no coração vossas palavras, / a fim de eu não peque contra vós.
R.
Ó Senhor, vós sois bendito para sempre; / os vossos mandamentos ensinai-me!
R.
Com meus lábios, ó Senhor, eu enumero / os decretos que ditou a vossa boca.
R.
Seguindo vossa lei me rejubilo / muito mais do que em todas as riquezas.
R.
O maior dentre vós deve ser aquele que vos serve.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 23, 8-12
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
'Quanto a vós, nunca vos deixeis chamar de Mestre, pois um só é vosso Mestre e todos vós sois irmãos.
Na terra, não chameis a ninguém de pai, pois um só é vosso Pai, aquele que está nos céus.
Não deixeis que vos chamem de guias, pois um só é o vosso Guia, Cristo.
Pelo contrário, o maior dentre vós deve ser aquele que vos serve.
Quem se exaltar será humilhado, e quem se humilhar será exaltado'.
Palavra da Salvação.