Início » Liturgia

Liturgia


SÁBADO DA 1ª SEMANA - ADVENTO

O Senhor se comoverá à voz do teu clamor.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 30, 19-21. 23-26
Assim fala o Senhor, o Santo de Israel:
Povo de Sião, que habitas em Jerusalém, não terás motivo algum para chorar: ele se comoverá à voz do teu clamor; logo que te ouvir, ele atenderá.
O Senhor de certo dará a todos o pão da angústia e a água da aflição, não se apartará mais de ti o teu mestre; teus olhos poderão vê-lo
e teus ouvidos poderão ouvir a palavra de aviso atrás de ti: 'O caminho é este para todos, segui por ele', sem desviar-vos à direita ou à esquerda.
Ele te dará chuva para a semente que tiveres semeado na terra, e o fruto da terra será abundante e rico; nesse dia, o teu rebanho pastará em vastas pastagens,
teus bois e os animais que lavram a terra comerão forragem salgada, limpa com pá e peneira.
Haverá em toda montanha alta e em toda colina elevada arroios de água corrente, num dia em que muitos serão mortos com o desabamento de seus torreões.
A lua brilhará como a luz do sol e o sol brilhará sete vezes mais, como a luz de sete dias, no dia em que o Senhor curar a ferida de seu povo e fizer sarar a lesão de sua chaga.
Palavra do Senhor.
Felizes são aqueles, que esperam no Senhor!
Louvai o Senhor Deus, porque ele é bom, / cantai ao nosso Deus, porque é suave: / ele é digno de louvor, ele o merece!O Senhor reconstruiu Jerusalém, / e os dispersos de Israel juntou de novo.
R.
ele conforta os corações despedaçados, / ele enfaixa suas feridas e as cura; fixa o número de todas as estrelas / e chama a cada uma por seu nome.
R.
É grande e onipotente o nosso Deus, / seu saber não tem medida nem limites. O Senhor Deus é o amparo dos humildes, / mas dobra até o chão os que são ímpios.
R.
Vendo Jesus as multidões, compadeceu-se delas.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 9, 35 - 10, 1. 6-8
Naquele tempo:
Jesus percorria todas as cidades e povoados, ensinando em suas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino, e curando todo tipo de doença e enfermidade.
Vendo Jesus as multidões, compadeceu-se delas, porque estavam cansadas e abatidas, como ovelhas que não têm pastor. Então disse a seus discípulos:
'A Messe é grande, mas os trabalhadores são poucos.
Pedi pois ao dono da messe que envie trabalhadores para a sua colheita!'
E, chamando os seus doze discípulos deu-lhes poder para expulsarem os espíritos maus e para curarem todo tipo de doença e enfermidade. Enviou-os com as seguintes recomendações:
Ide, antes, às ovelhas perdidas da casa de Israel!
Em vosso caminho, anunciai: 'O Reino dos Céus está próximo'.
Curai os doentes, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demônios. De graça recebestes, de graça deveis dar!
Palavra da Salvação.

SÃO FRANCISCO XAVIER, PRESBÍTERO - SANTORAL

Ai de mim se eu não pregar o evangelho!
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 9, 16-19. 22-23
Irmãos:
Pregar o evangelho não é para mim motivo de glória. É antes uma necessidade para mim, uma imposição. Ai de mim se eu não pregar o evangelho!
Se eu exercesse minha função de pregador por iniciativa própria, eu teria direito a salário. Mas, como a iniciativa não é minha, trata-se de um encargo que me foi confiado.
Em que consiste então o meu salário? Em pregar o evangelho, oferecendo-o de graça, e sem usar os direitos que o evangelho me dá.
Assim, livre em relação a todos, eu me tornei escravo de todos, a fim de ganhar o maior número possível.
Com os fracos, eu me fiz fraco, para ganhar os fracos. Com todos, eu me fiz tudo, para certamente salvar alguns.
Por causa do evangelho eu faço tudo, para ter parte nele.
Palavra do Senhor.
Ide, por todo o mundo, a todos pregai o Evangelho.
Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes, / povos todos, festejai-o!
R.
Pois comprovado é seu amor para conosco, / para sempre ele é fiel!
R.
Anunciai o Evangelho a toda criatura.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 16, 15-20
Naquele tempo, Jesus se manifestou aos onze discípulos,
e disse-lhes: 'Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura!
Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado.
Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas;
se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados'.
Depois de falar com os discípulos, o Senhor Jesus foi levado ao céu, e sentou-se à direita de Deus.
Os discípulos então saíram e pregaram por toda parte. O Senhor os ajudava e confirmava sua palavra por meio dos sinais que a acompanhavam.
Palavra da Salvação.