Liturgia

5ª-FEIRA DA 22ª SEMANA - TEMPO COMUM

Tudo é vosso, mas vós sois de Cristo,
e Cristo é de Deus.
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 3, 18-23
Irmãos:
Ninguém se iluda: Se algum de vós pensa que é sábio nas coisas deste mundo, reconheça sua insensatez, para se tornar sábio de verdade;
pois a sabedoria deste mundo é insensatez diante de Deus. Com efeito, está escrito: 'Aquele que apanha os sábios em sua própria astúcia',
e ainda: 'O Senhor conhece os pensamentos dos sábios; sabe que são vãos'.
Portanto, que ninguém ponha a sua glória em homem algum. Com efeito, tudo vos pertence:
Paulo, Apolo, Cefas, o mundo, a vida, a morte, o presente, o futuro, tudo é vosso,
mas vós sois de Cristo, e Cristo é de Deus.
Palavra do Senhor.
Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra.
Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra, / o mundo inteiro com os seres que o povoam; porque ele a tornou firme sobre os mares, / e sobre as águas a mantém inabalável.
R.
'Quem subirá até o monte do Senhor, / quem ficará em sua santa habitação?''Quem tem mãos puras e inocente coração, quem não dirige sua mente para o crime.
R.
Sobre este desce a bênção do Senhor / e a recompensa de seu Deus e Salvador'. É assim a geração dos que o procuram, / e do Deus de Israel buscam a face'.
R.
Deixaram tudo e O seguiram.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 5, 1-11
Naquele tempo:
Jesus estava na margem do lago de Genesaré, e a multidão apertava-se ao seu redor para ouvir a palavra de Deus.
Jesus viu duas barcas paradas na margem do lago. Os pescadores haviam desembarcado e lavavam as redes.
Subindo numa das barcas, que era de Simão, pediu que se afastasse um pouco da margem. Depois sentou-se e, da barca, ensinava as multidões.
Quando acabou de falar, disse a Simão: 'Avança para águas mais profundas, e lançai vossas redes para a pesca'.
Simão respondeu: 'Mestre, nós trabalhamos a noite inteira e nada pescamos. Mas, em atenção à tua palavra, vou lançar as redes'.
Assim fizeram, e apanharam tamanha quantidade de peixes que as redes se rompiam.
Então fizeram sinal aos companheiros da outra barca, para que viessem ajudá-los. Eles vieram, e encheram as duas barcas, a ponto de quase afundarem.
Ao ver aquilo, Simão Pedro atirou-se aos pés de Jesus, dizendo: 'Senhor, afasta-te de mim, porque sou um pecador!'
É que o espanto se apoderara de Simão e de todos os seus companheiros, por causa da pesca que acabavam de fazer.
Tiago e João, filhos de Zebedeu, que eram sócios de Simão, também ficaram espantados. Jesus, porém, disse a Simão: 'Não tenhas medo! De hoje em diante tu serás pescador de homens. '
Então levaram as barcas para a margem, deixaram tudo e seguiram a Jesus.
Palavra da Salvação.

SÃO GREGÓRIO MAGNO, PAPA E DOUTOR DA IGREJA - SANTORAL

Pregamos a Jesus Cristo, o Senhor. Quanto a nós,
apresentamo-nos como servos vossos por causa de Jesus.
Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios 4, 1-2. 5-7
Irmãos:
Não desanimamos no exercício deste ministério que recebemos da misericórdia divina.
Rejeitamos todo procedimento dissimulado e indigno, feito de astúcias, e não falsificamos a palavra de Deus. Mas, pelo contrário, manifestamos a verdade e, assim, nos recomendamos a toda consciência humana, diante de Deus.
De fato, não nos pregamos a nós mesmos, pregamos a Jesus Cristo, o Senhor. Quanto a nós, apresentamo-nos como servos vossos, por causa de Jesus.
Com efeito, Deus que disse: 'Do meio das trevas brilhe a luz', é o mesmo que fez brilhar a sua luz em nossos corações, para tornar claro o conhecimento da sua glória na face de Cristo.
Ora, trazemos esse tesouro em vasos de barro, para que todos reconheçam que este poder extraordinário vem de Deus e não de nós.
Palavra do Senhor.
Anunciai entre as nações os grandes feitos do Senhor!
Cantai ao Senhor Deus um canto novo, / cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! Cantai e bendizei seu santo nome!
R.
Dia após dia anunciai sua salvação, manifestai a sua glória entre as nações, / e entre os povos do universo seus prodígios!
R.
Ó família das nações, dai ao Senhor, / ó nações, dai ao Senhor poder e glória, / 8adai-lhe a glória que é devida ao seu nome!
R.
Publicai entre as nações: 'Reina o Senhor! / Ele firmou o universo inabalável, / e os povos ele julga com justiça.
R.
Assim como o meu Pai me confiou o Reino,
eu também vos confio o Reino.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 22, 24-30
Naquele tempo:
Houve uma discussão entre os apóstolos, sobre qual deles deveria ser considerado o maior.
Jesus, porém, lhes disse: 'Os reis das nações dominam sobre elas, e os que têm poder se fazem chamar benfeitores.
Entre vós, não deve ser assim. Pelo contrário, o maior entre vós seja como o mais novo, e o que manda, como quem está servindo.
Afinal, quem é o maior: quem está sentado à mesa, ou quem está servindo? Não é quem está sentado à mesa? Eu, porém, estou no meio de vós como aquele que serve.
Vós ficastes comigo em minhas provações.
Por isso, assim como o meu Pai me confiou o Reino, eu também vos confio o Reino.
Vós havereis de comer e beber à minha mesa no meu Reino, e sentar-vos em tronos para julgar as doze tribos de Israel'.
Palavra da Salvação.