Liturgia

6ª-FEIRA DA 27ª SEMANA - TEMPO COMUM

Os crentes são abençoados. com o crente Abraão.
Leitura da Carta de São Paulo aos Gálatas 3, 7-14
Irmãos:
ficai pois cientes que os que crêem é que são verdadeiros filhos de Abraão.
E a Escritura, prevendo que Deus justificaria as nações pagãs pela fé, anunciou, muito antes, a Abraão: 'em ti serão abençoadas todas as nações'.
Portanto, os crentes são abençoados com o crente Abraão.
Aliás, todos os que põem sua confiança na prática da Lei estão ameaçados pela maldição, porque está escrito: 'Maldito quem não cumprir perseverantemente tudo o que está escrito no livro da Lei'.
Pela Lei ninguém se justifica perante Deus, isso é evidente porque o justo vive da fé.
E a Lei não se funda na fé mas no cumprimento: Aquele que cumpre a Lei, por ela viverá.
Cristo resgatou-nos da maldição da Lei, fazendo-se maldição por nós, pois está escrito: Maldito todo aquele que é suspenso no madeiro.
Assim a bênção de Abraão se estendeu aos pagãos em Cristo Jesus e pela fé recebemos a promessa do Espírito.
Palavra do Senhor.
O Senhor se lembra sempre da Aliança!
Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia.
Eu agradeço a Deus de todo o coração / junto com todos os seus justos reunidos!Que grandiosas são as obras do Senhor, / elas merecem todo o amor e admiração!
R.
Que beleza e esplendor são os seus feitos! / Sua justiça permanece eternamente!O Senhor bom e clemente nos deixou / a lembrança de suas grandes maravilhas.
R.
Ele dá o alimento aos que o temem / e jamais esquecerá sua Aliança. o seu povo manifesta seu poder, / dando a ele a herança das nações.
R.
Se é pelo dedo de Deus que eu expulso os demônios,
então chegou para vós o Reino de Deus.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 11, 15-26
Naquele tempo, Jesus estava expulsando um demônio:
Mas alguns disseram: 'É por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele expulsa os demônios. '
Outros, para tentar Jesus, pediam-lhe um sinal do céu.
Mas, conhecendo seus pensamentos, Jesus disse-lhes: 'Todo reino dividido contra si mesmo será destruído; e cairá uma casa por cima da outra.
Ora, se até Satanás está dividido contra si mesmo, como poderá sobreviver o seu reino? Vós dizeis que é por Belzebu que eu expulso os demônios.
Se é por meio de Belzebu que eu expulso demônios, vossos filhos os expulsam por meio de quem? Por isso, eles mesmos serão vossos juízes.
Mas, se é pelo dedo de Deus que eu expulso os demônios, então chegou para vós o Reino de Deus.
Quando um homem forte e bem armado guarda a própria casa, seus bens estão seguros.
Mas, quando chega um homem mais forte do que ele, vence-o, arranca-lhe a armadura na qual ele confiava, e reparte o que roubou.
Quem não está comigo, está contra mim. E quem não recolhe comigo, dispersa.
Quando o espírito mau sai de um homem, fica vagando em lugares desertos, à procura de repouso; não o encontrando, ele diz: 'Vou voltar para minha casa de onde saí'.
Quando ele chega, encontra a casa varrida e arrumada.
Então ele vai, e traz consigo outros sete espíritos piores do que ele. E, entrando, instalam-se aí. No fim, esse homem fica em condição pior do que antes. '
Palavra da Salvação.

SÃO JOÃO LEONARDI, PRESB. - SANTORAL

Como moribundos, embora vivamos.
Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios 6, 4-10
Irmãos:
Em tudo nos recomendamos como ministros de Deus, com muita paciência, em tribulações, em necessidades, em angústias,
em açoites, em prisões, em tumultos, em fadigas, em insônias, em jejuns,
em castidade, em compreensão, em longanimidade, em bondade, no Espírito Santo, em amor sincero,
em palavras verdadeiras, no poder de Deus, em armas de justiça, ofensivas e defensivas,
em honra e desonra, em má ou boa fama; considerados sedutores, sendo, porém, verazes;
como desconhecidos, sendo porém, bem conhecidos; como moribundos, embora vivamos; como castigados mas não mortos;
como aflitos mas sempre alegres; como pobres mas enriquecendo muitos; como quem nada possui, mas tendo tudo.
Palavra do Senhor.
Os que lançam as sementes entre lágrimas, ceifarão com alegria.
Quando o Senhor reconduziu nossos cativos, / parecíamos sonhar; encheu-se de sorriso nossa boca, / 2bnossos lábios, de canções.
R.
Entre os gentios se dizia: 'Maravilhas fez com eles o Senhor!'Sim, maravilhas fez conosco o Senhor, / exultemos de alegria!
R.
4Mudai a nossa sorte, ó Senhor, / como torrentes no deserto. Os que lançam as sementes entre lágrimas, / ceifarão com alegria.
R.
Chorando de tristeza sairão, / espalhando suas sementes; / cantando de alegria voltarão, / carregando os seus feixes!
R.
Vós sois a luz do mundo.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 5, 13-16
Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:
Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se tornar insosso, com que salgaremos? Ele não servirá para mais nada, senão para ser jogado fora e ser pisado pelos homens.
Vós sois a luz do mundo. Não pode ficar escondida uma cidade construída sobre um monte.
Ninguém acende uma lâmpada, e a coloca debaixo de uma vasilha, mas sim, num candeeiro, onde brilha para todos que estão na casa.
Assim também brilhe a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e louvem o vosso Pai que está nos céus.
Palavra da Salvação.