Liturgia

5ª-FEIRA DA 2ª SEMANA - QUARESMA

Maldito o homem que confia no homem.
Bendito o homem que põe sua confiança no Senhor.
Leitura do Livro do Profeta Jeremias 17, 5-10
Isto diz o Senhor: 'Maldito o homem que confia no homem e faz consistir sua força na carne humana, enquanto o seu coração se afasta do Senhor;
como os cardos no deserto, ele não vê chegar a floração, prefere vegetar na secura do ermo, em região salobra e desabitada.
Bendito o homem que confia no Senhor, cuja esperança é o Senhor;
é como a árvore plantada junto às águas, que estende as raízes em busca de umidade, por isso não teme a chegada do calor: sua folhagem mantém-se verde, não sofre míngua em tempo de seca e nunca deixa de dar frutos.
Em tudo é enganador o coração, e isto é incurável; quem poderá conhecê-lo?
Eu sou o Senhor, que perscruto o coração e provo os sentimentos, que dou a cada qual conforme o seu proceder e conforme o fruto de suas obras.
Palavra do Senhor.
É feliz quem a Deus se confia!
Feliz é todo aquele que não anda / conforme os conselhos dos perversos; / que não entra no caminho dos malvados, / nem junto aos zombadores vai sentar-se; mas encontra seu prazer na lei de Deus / e a medita, dia e noite, sem cessar.
R.
Eis que ele é semelhante a uma árvore, / que à beira da torrente está plantada; / ela sempre dá seus frutos a seu tempo, / e jamais as suas folhas vão murchar. / Eis que tudo o que ele faz vai prosperar.
R.
Mas bem outra é a sorte dos perversos. / Ao contrário, são iguais à palha seca / espalhada e dispersada pelo vento. Pois Deus vigia o caminho dos eleitos, / mas a estrada dos malvados leva à morte.
R.
Tu recebeste teus bens durante a vida e Lázaro os males;
agora ele encontra aqui consolo e tu és atormentado.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 16, 19-31
Naquele tempo, Jesus disse aos fariseus:
'Havia um homem rico, que se vestia com roupas finas e elegantes e fazia festas esplêndidas todos os dias.
Um pobre, chamado Lázaro, cheio de feridas, estava no chão à porta do rico.
Ele queria matar a fome com as sobras que caíam da mesa do rico. E, além disso, vinham os cachorros lamber suas feridas.
Quando o pobre morreu, os anjos levaram-no para junto de Abraão. Morreu também o rico e foi enterrado.
Na região dos mortos, no meio dos tormentos, o rico levantou os olhos e viu de longe a Abraão, com Lázaro ao seu lado.
Então gritou: 'Pai Abraão, tem piedade de mim! Manda Lázaro molhar a ponta do dedo para me refrescar a língua, porque sofro muito nestas chamas'.
Mas Abraão respondeu: 'Filho, lembra-te que tu recebeste teus bens durante a vida e Lázaro, por sua vez, os males. Agora, porém, ele encontra aqui consolo e tu és atormentado.
E, além disso, há um grande abismo entre nós: por mais que alguém desejasse, não poderia passar daqui para junto de vós, e nem os daí poderiam atravessar até nós'.
O rico insistiu: 'Pai, eu te suplico, manda Lázaro à casa do meu pai,
porque eu tenho cinco irmãos. Manda preveni-los, para que não venham também eles para este lugar de tormento'.
Mas Abraão respondeu: 'Eles têm Moisés e os Profetas, que os escutem!'
O rico insistiu: 'Não, Pai Abraão, mas se um dos mortos for até eles, certamente vão se converter'.
Mas Abraão lhe disse: `Se não escutam a Moisés, nem aos Profetas, eles não acreditarão, mesmo que alguém ressuscite dos mortos'. '
Palavra da Salvação.

SÃO CASIMIRO - SANTORAL

Eu perdi tudo, para ganhar Cristo.
Leitura da Carta de São Paulo aos Filipenses 3, 8-14
Irmãos:
Considero tudo como perda diante da vantagem suprema que consiste em conhecer a Cristo Jesus, meu Senhor. Por causa dele eu perdi tudo. Considero tudo como lixo, para ganhar Cristo e ser encontrado unido a ele,
não com minha justiça provindo da Lei, mas com a justiça por meio da fé em Cristo, a justiça que vem de Deus, na base da fé.
Esta consiste em conhecer a Cristo, experimentar a força da sua ressurreição, ficar em comunhão com os seus sofrimentos, tornando-me semelhante a ele na sua morte,
para ver se alcanço a ressurreição dentre os mortos.
Não que já tenha recebido tudo isso, ou que já seja perfeito. Mas corro para alcançá-lo, visto que já fui alcançado por Cristo Jesus.
Irmãos, eu não julgo já tê-lo alcançado. Uma coisa, porém, eu faço: esquecendo o que fica para trás, eu me lanço para o que está na frente.
Corro direto para a meta, rumo ao prêmio, que, do alto, Deus me chama a receber em Cristo Jesus.
Palavra do Senhor.
O justo habitará no monte santo do Senhor.
Aquele que caminha sem pecado / e pratica a justiça fielmente; que pensa a verdade no seu íntimo e não solta em calúnias sua língua.
R.
Que em nada prejudica o seu irmão, nem cobre de insultos seu vizinho; que não dá valor algum ao homem ímpio, mas honra os que respeitam o Senho
R.
não empresta o seu dinheiro com usura, / nem se deixa subornar contra o inocente. / Jamais vacilará quem vive assim!
R.
Ninguém tem maior amor do que
aquele que dá a vida pelos amigos
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 15, 9-17
Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:
Como meu Pai me amou, assim também eu vos amei. Permanecei no meu amor.
Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como eu guardei os mandamentos do meu Pai e permaneço no seu amor.
Eu eu vos disse isto, para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja plena.
Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei.
Ninguém tem amor maior do que aquele que dá sua vida pelos amigos.
Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando.
Já não vos chamo servos, pois o servo não sabe o que faz o seu senhor. Eu vos chamo amigos, porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi de meu Pai.
Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi e vos designei para irdes e para que produzais fruto e o vosso fruto permaneça. O que então pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo concederá.
Isto é o que vos ordeno: amai-vos uns aos outros.
Palavra da Salvação.