Liturgia


17º DOMINGO - TEMPO COMUM

Comerão e ainda sobrará.
Leitura do Segundo Livro dos Reis 4, 42-44
Naqueles dias:
Veio também um homem de Baal-Salisa, trazendo em seu alforje para Eliseu, o homem de Deus, pães dos primeiros frutos da terra: eram vinte pães de cevada e trigo novo. E Eliseu disse: 'Dá ao povo para que coma'.
Mas o seu servo respondeu-lhe: 'Como vou distribuir tão pouco para cem pessoas?' Eliseu disse outra vez: 'Dá ao povo para que coma; pois assim diz o Senhor: 'Comerão e ainda sobrará`'.
O homem distribuiu e ainda sobrou, conforme a palavra do Senhor.
Palavra do Senhor.
Saciai os vossos filhos, ó Senhor!
Que vossas obras, ó Senhor, vos glorifiquem, / e os vossos santos com louvores vos bendigam!Narrem a glória e o esplendor do vosso reino / e saibam proclamar vosso poder!
R.
Todos os olhos, ó Senhor, em vós esperam / e vós lhes dais no tempo certo o alimento; vós abris a vossa mão prodigamente / e saciais todo ser vivo com fartura.
R.
É justo o Senhor em seus caminhos, / é santo em toda obra que ele faz. Ele está perto da pessoa que o invoca, / de todo aquele que o invoca lealmente.
R.
Há um só corpo, um só Senhor,
uma só fé, um só batismo.
Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios 4, 1-6
Irmãos:
Eu, prisioneiro no Senhor, vos exorto a caminhardes de acordo com a vocação que recebestes:
Com toda a humildade e mansidão, suportai-vos uns aos outros com paciência, no amor.
Aplicai-vos a guardar a unidade do espírito pelo vínculo da paz.
Há um só Corpo e um só Espírito, como também é uma só a esperança à qual fostes chamados.
Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo,
um só Deus e Pai de todos, que reina sobre todos, age por meio de todos e permanece em todos.
Palavra do Senhor.
Distribuiu-os aos que estavam
sentados, tanto quanto queriam.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 6, 1-15
Naquele tempo:
Jesus foi para o outro lado do mar da Galiléia, também chamado de Tiberíades.
Uma grande multidão o seguia, porque via os sinais que ele operava a favor dos doentes.
Jesus subiu ao monte e sentou-se aí, com os seus discípulos.
Estava próxima a Páscoa, a festa dos judeus.
Levantando os olhos, e vendo que uma grande multidão estava vindo ao seu encontro, Jesus disse a Filipe: 'Onde vamos comprar pão para que eles possam comer?'
Disse isso para pô-lo à prova, pois ele mesmo sabia muito bem o que ia fazer.
Filipe respondeu: 'Nem duzentas moedas de prata bastariam para dar um pedaço de pão a cada um'.
Um dos discípulos, André, o irmão de Simão Pedro, disse:
'Está aqui um menino com cinco pães de cevada e dois peixes. Mas o que é isso para tanta gente?'
Jesus disse: 'Fazei sentar as pessoas'. Havia muita relva naquele lugar, e lá se sentaram, aproximadamente, cinco mil homens.
Jesus tomou os pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, tanto quanto queriam. E fez o mesmo com os peixes.
Quando todos ficaram satisfeitos, Jesus disse aos discípulos: 'Recolhei os pedaços que sobraram, para que nada se perca!'
Recolheram os pedaços e encheram doze cestos com as sobras dos cinco pães, deixadas pelos que haviam comido.
Vendo o sinal que Jesus tinha realizado, aqueles homens exclamavam: 'Este é verdadeiramente o Profeta, aquele que deve vir ao mundo'.
Mas, quando notou que estavam querendo levá-lo para proclamá-lo rei, Jesus retirou-se de novo, sozinho, para o monte.
Palavra da Salvação.

SÃO TIAGO, APÓSTOLO - SANTORAL

Aquele que ressuscitou o Senhor Jesus
nos ressuscitará também com Jesus
e nos colocará ao seu lado.
Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios 4, 7-15
Irmãos:
Trazemos esse tesouro em vasos de barro, para que todos reconheçam que este poder extraordinário vem de Deus e não de nós.
Somos afligidos de todos os lados, mas não vencidos pela angústia; postos entre os maiores apuros, mas sem perder a esperança;
perseguidos, mas não desamparados; derrubados, mas não aniquilados;
por toda parte e sempre levamos em nós mesmos os sofrimentos mortais de Jesus, para que também a vida de Jesus seja manifestada em nossos corpos.
De fato, nós, os vivos, somos continuamente entregues à morte, por causa de Jesus, para que também a vida de Jesus seja manifestada em nossa natureza mortal.
Assim, a morte age em nós, enquanto a vida age em vós.
Mas, sustentados pelo mesmo espírito de fé, conforme o que está escrito: 'Eu creio e, por isso, falei', nós também cremos e, por isso, falamos,
certos de que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus nos ressuscitará também com Jesus e nos colocará ao seu lado, juntamente convosco.
E tudo isso é por causa de vós, para que a abundância da graça em um número maior de pessoas faça crescer a ação de graças para a glória de Deus.
Palavra do Senhor.
Os que lançam as sementes entre lágrimas, ceifarão com alegria.
Quando o Senhor reconduziu nossos cativos, / parecíamos sonhar; encheu-se de sorriso nossa boca, / 2bnossos lábios, de canções.
R.
Entre os gentios se dizia: 'Maravilhas fez com eles o Senhor!'Sim, maravilhas fez conosco o Senhor, / exultemos de alegria!
R.
4Mudai a nossa sorte, ó Senhor, / como torrentes no deserto. Os que lançam as sementes entre lágrimas, / ceifarão com alegria.
R.
Chorando de tristeza sairão, / espalhando suas sementes; / cantando de alegria voltarão, / carregando os seus feixes!
R.
Vós bebereis do meu cálice.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 20, 20-28
Naquele tempo:
A mãe dos filhos de Zebedeu aproximou-se de Jesus com seus filhos e ajoelhou-se com a intenção de fazer um pedido.
Jesus perguntou: 'O que tu queres?' Ela respondeu: 'Manda que estes meus dois filhos se sentem, no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda'.
Jesus, então, respondeu-lhes: 'Não sabeis o que estais pedindo. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber?' Eles responderam: 'Podemos'.
Então Jesus lhes disse: 'De fato, vós bebereis do meu cálice, mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. Meu Pai é quem dará esses lugares àqueles para os quais ele os preparou'.
Quando os outros dez discípulos ouviram isso, ficaram irritados contra os dois irmãos.
Jesus, porém, chamou-os, e disse: 'Vós sabeis que os chefes das nações têm poder sobre elas e os grandes as oprimem.
Entre vós não deverá ser assim. Quem quiser tornar-se grande, torne-se vosso servidor;
quem quiser ser o primeiro, seja vosso servo.
Pois, o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor de muitos'.
Palavra da Salvação.