Liturgia


5ª-FEIRA DA 32ª SEMANA - TEMPO COMUM

A Sabedoria é um reflexo da luz eterna
e espelho sem mancha da atividade de Deus.
Leitura do Livro da Sabedoria 7, 22-8, 1
Na Sabedoria há um espírito inteligente, santo, único, múltiplo, sutil, móvel, perspicaz, imaculado, lúcido, invulnerável, amante do bem, penetrante,
desimpedido, benfazejo, amigo dos homens, constante, seguro, sem inquietação, que tudo pode, que tudo supervisiona, que penetra todos os espíritos, os inteligentes, os puros, os mais sutis.
Pois a Sabedoria é mais ágil que qualquer movimento, e atravessa e penetra tudo por causa da sua pureza.
Ela é um sopro do poder de Deus, uma emanação pura da glória do Todo-poderoso; por isso, nada de impuro pode introduzir-se nela:
ela é um reflexo da luz eterna, espelho sem mancha da atividade de Deus e imagem da sua bondade.
Sendo única, tudo pode; permanecendo imutável, renova tudo; e comunicando-se às almas santas de geração em geração, forma os amigos de Deus e os profetas.
Pois Deus ama tão somente aquele que vive com a Sabedoria.
De fato, ela é mais bela que o sol e supera todas as constelações; comparada à luz, ela tem a primazia:
pois a luz cede lugar à noite, ao passo que, contra a Sabedoria, o mal não prevalece.
Ela se estende com vigor de uma extremidade à outra da terra e com suavidade governa todas as coisas.
Palavra do Senhor.
É eterna, ó Senhor, vossa palavra!
É eterna, ó Senhor, vossa palavra, / ela é tão firme e estável como o céu.
R.
De geração em geração, vossa verdade / permanece como a terra que firmastes.
R.
Porque mandastes, tudo existe até agora; / todas as coisas, ó Senhor, vos obedecem!
R.
Vossa palavra, ao revelar-se, me ilumina, / ela dá sabedoria aos pequeninos.
R.
Fazei brilhar vosso semblante ao vosso servo, / e ensinai-me vossas leis e mandamentos!
R.
Possa eu viver e para sempre vos louvar; / e que me ajudem, ó Senhor, vossos conselhos!
R.
O Reino de Deus está entre vós.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 17, 20-25
Naquele tempo:
Os fariseus perguntaram a Jesus sobre o momento em que chegaria o Reino de Deus. Jesus respondeu: 'O Reino de Deus não vem ostensivamente.
Nem se poderá dizer: 'Está aqui'ou'Está ali', porque o Reino de Deus está entre vós. '
E Jesus disse aos discípulos: 'Dias virão em que desejareis ver um só dia do Filho do Homem e não podereis ver.
As pessoas vos dirão: 'Ele está ali'ou'Ele está aqui'. Não deveis ir, nem correr atrás.
Pois, como o relâmpago brilha de um lado até ao outro do céu, assim também será o Filho do Homem, no seu dia.
Antes, porém, ele deverá sofrer muito e ser rejeitado por esta geração.
Palavra da Salvação.

SÃO MARTINHO DE TOURS, BISPO - SANTORAL

O Senhor me ungiu e enviou-me
para dar a boa-nova aos humildes. (cf. Lc 4, 18)
Leitura do Livro do Profeta Isaías 61, 1-3a
O espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu; enviou-me para dar a boa-nova aos humildes, curar as feridas da alma, pregar a redenção para os cativos e a liberdade para os que estão presos;
para proclamar o tempo da graça do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; para consolar todos os que choram,
para reservar e dar aos que sofrem por Sião uma coroa, em vez de cinza, o óleo da alegria, em vez da aflição.
Palavra do Senhor.
Ó Senhor, eu cantarei eternamente vosso amor.
Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor, / de geração em geração eu cantarei vossa verdade!Porque dissestes: 'O amor é garantido para sempre!' / E a vossa lealdade é tão firme como os céus.
R.
'Eu firmei uma Aliança com meu servo, meu eleito, / e eu fiz um juramento a Davi, meu servidor. Para sempre, no teu trono, firmarei tua linhagem, / de geração em geração garantirei o teu reinado!'
R.
Encontrei e escolhi a Davi, meu servidor, / e o ungi, para ser rei, com meu óleo consagrado. Estará sempre com ele minha mão onipotente, / e meu braço poderoso há de ser a sua força.
R.
Minha verdade e meu amor estarão sempre com ele, / sua força e seu poder por meu nome crescerão. Ele, então, me invocará: `Ó Senhor, vós sois meu Pai, / sois meu Deus, sois meu Rochedo onde encontro a salvação'!
R.
Todas as vezes que fizestes isso a um dos menores
de meus irmãos foi a mim que o fizestes.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 25, 31-40
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
'Quando o Filho do Homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, então se assentará em seu trono glorioso.
Todos os povos da terra serão reunidos diante dele, e ele separará uns dos outros, assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos.
E colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda.
Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: `Vinde benditos de meu Pai! Recebei como herança o Reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo!
Pois eu estava com fome e me destes de comer; eu estava com sede e me destes de beber; eu era estrangeiro e me recebestes em casa;
eu estava nu e me vestistes; eu estava doente e cuidastes de mim; eu estava na prisão e fostes me visitar'.
Então os justos lhe perguntarão: `Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer?' com sede e te demos de beber?
Quando foi que te vimos como estrangeiro e te recebemos em casa, e sem roupa e te vestimos?
Quando foi que te vimos doente ou preso, e fomos te visitar?'
Então o Rei lhes responderá: `Em verdade eu vos digo, que todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!''
Palavra da Salvação.