Liturgia

5ª-FEIRA DA 8ª SEMANA - TEMPO COMUM

A obra do Senhor está cheia da sua glória.
Leitura do Livro do Eclesiástico 42, 15-26 (Gr. 15-25)
Vou recordar as obras do Senhor, vou descrever aquilo que vi. Pelas palavras do Senhor foram feitas as suas obras, de acordo com a sua vontade realizou-se o seu julgamento.
O sol brilhante contempla todas as coisas, e a obra do Senhor está cheia da sua glória.
Os santos do Senhor não são capazes de descrever todas as suas maravilhas. O Senhor todo-poderoso as confirmou, para que tudo continuasse firme para sua glória.
Ele sonda o abismo e o coração, e penetra em todas as suas astúcias.
Pois o Altíssimo possui toda a ciência e fixa o olhar nos sinais dos tempos; Ele manifesta o passado e o futuro e revela as coisas ocultas.
Nenhum pensamento lhe escapa e nenhuma palavra lhe fica escondida.
Pôs em ordem as maravilhas da sua sabedoria, pois só Ele existe antes dos séculos e para sempre.
Nada lhe foi acrescentado, nada tirado, e Ele não precisa de conselheiro algum.
Como são desejáveis todas as suas obras brilhando como centelha que se pode contemplar!
Tudo isso vive e permanece sempre, e em todas as circunstâncias tudo lhe obedece.
Todas as coisas existem aos pares, uma frente à outra, e Ele nada fez de incompleto:
uma coisa completa a bondade da outra, quem, pois, se fartará de contemplar a sua glória?
Palavra do Senhor.
A palavra do Senhor criou os céus.
Dai graças ao Senhor ao som da harpa, / na lira de dez cordas celebrai-o!Cantai para o Senhor um canto novo, / com arte sustentai a louvação!
R.
Pois reta é a palavra do Senhor, / e tudo o que ele faz merece fé. Deus ama o direito e a justiça, / transborda em toda a terra a sua graça.
R.
A palavra do Senhor criou os céus, / e o sopro de seus lábios, as estrelas. Como num odre junta as águas do oceano, / e mantém no seu limite as grandes águas.
R.
Adore ao Senhor a terra inteira, / e o respeitem os que habitam o universo!Ele falou e toda a terra foi criada, / ele ordenou e as coisas todas existiram.
R.
Senhor, que eu veja!
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 10, 46-52
Naquele tempo:
Jesus saiu de Jericó, junto com seus discípulos e uma grande multidão. O filho de Timeu, Bartimeu, cego e mendigo, estava sentado à beira do caminho.
Quando ouviu dizer que Jesus, o Nazareno, estava passando, começou a gritar: 'Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!'
Muitos o repreendiam para que se calasse. Mas ele gritava mais ainda: 'Filho de Davi, tem piedade de mim!'
Então Jesus parou e disse: 'Chamai-o'. Eles o chamaram e disseram: 'Coragem, levanta-te, Jesus te chama!'
O cego jogou o manto, deu um pulo e foi até Jesus.
Então Jesus lhe perguntou: 'O que queres que eu te faça?' O cego respondeu: 'Mestre, que eu veja!'
Jesus disse: 'Vai, a tua fé te curou'. No mesmo instante, ele recuperou a vista e seguia Jesus pelo caminho.
Palavra da Salvação.

SANTO AGOSTINHO DE CANTUÁRIA, BISPO - SANTORAL

Desejávamos dar-vos não somente o evangelho de Deus,
mas até, a própria vida.
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Tessalonicenses 2, 2b-8
Irmãos:
Encontramos em Deus a coragem de vos anunciar o evangelho, em meio a grandes lutas.
A nossa exortação não se baseia no erro, na ambigüidade ou no desejo de enganar.
Ao contrário, uma vez que Deus nos achou dignos para que nos confiasse o evangelho, falamos não para agradar aos homens, mas a Deus, que examina os nossos corações.
Bem sabeis que nunca usamos palavras de adulação, nem procedemos movidos por disfarçada ganância. Deus é testemunha disso.
E também não procuramos elogios humanos, nem da parte de vós, nem de outros,
embora pudéssemos fazer valer a nossa autoridade de apóstolos de Cristo. Foi com muita ternura que nos apresentamos a vós, como uma mãe que acalenta os seus filhinhos.
Tanto bem vos queríamos, que desejávamos dar-vos não somente o evangelho de Deus, mas até, a própria vida; a tal ponto chegou a nossa afeição por vós.
Palavra do Senhor.
Anunciai entre as nações os grandes feitos do Senhor!
Cantai ao Senhor Deus um canto novo, / cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! Cantai e bendizei seu santo nome!
R.
Dia após dia anunciai sua salvação, manifestai a sua glória entre as nações, / e entre os povos do universo seus prodígios!
R.
Ó família das nações, dai ao Senhor, / ó nações, dai ao Senhor poder e glória, / 8adai-lhe a glória que é devida ao seu nome!
R.
Publicai entre as nações: 'Reina o Senhor! / Ele firmou o universo inabalável, / e os povos ele julga com justiça.
R.
A Messe é grande, mas os trabalhadores são poucos.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 9, 35-38
Naquele tempo,
Jesus percorria todas as cidades e povoados, ensinando em suas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino, e curando todo tipo de doença e enfermidade.
Vendo Jesus as multidões, compadeceu-se delas, porque estavam cansadas e abatidas, como ovelhas que não têm pastor. Então disse a seus discípulos:
'A Messe é grande, mas os trabalhadores são poucos.
Pedi pois ao dono da messe que envie trabalhadores para a sua colheita!'
Palavra da Salvação.